Constelação de Libra: tudo o que você precisa saber sobre ela

OSR blog post

Embora ela não seja a mais óbvia das constelações, a Constelação de Libra é realmente fácil de se localizar dentro da abóboda celeste. Essa constelação que rege os librianos é cheia de mistérios e segredos, que você vai desvendar agora.

Encontrar a Constelação de libra nos céus é tranquilo. É só procurar as duas estrelas mais brilhantes da constelação, que ficam bem próxima a Constelação de escorpião. Toda a sua área, a área da balança, fazia para os gregos mais antigos parte da Constelação de escorpião. Ela representava suas garras, até que se tornou uma constelação própria, por mando dos romanos.

Pixabay

Pixabay

Entretanto, a balança já era uma figura identificada há milênios atrás, pelo povo babilônico. Eles viam nela não apenas as garras do escorpião, mas a balança que ele carregava. A Constelação de libra não tem uma lenda para chamar de sua, mas geralmente as pessoas a relacionam com uma vizinha, a Constelação de virgo, já que ela é a representação da deusa grega Astreia, a deusa da Justiça.

Como todos sabem, libra é uma balança. No caso, ela é a balança da justiça, que a deusa carrega para pesar o valor das coisas e das pessoas, assim como a duração da noite e do dia.

Quais são os objetos celestes mais notáveis na Constelação de libra

O primeiro objeto a ser notado é NGC 5897. Ele é um enxame de estrelas de grande magnitude, podendo ser observado por alguns telescópios de boa qualidade, mas não pelos mais simples. As estrelas mais notáveis são Alfa, que na verdade é chamada também de Zubenelgenubi, que vem de uma expressão do árabe, se referindo a “garra do sul”. No caso, a garra do escorpião.

Sua designação foi dada na época em que libra ainda fazia parte da Constelação de escorpião. Hoje em dia ela é conhecida por navegadores e pilotos como Kiffa Australis, o prato austral, da balança de libra. O sistema inteiro se encontra há mais de 70 anos luz da Terra, e tem uma magnitude de mais de 2.7.

Pixabay

Pixabay

A próxima estrela é Beta, que antigamente era chamada de garra do norte. Hoje ela é conhecida como Kiffa Borealis, o prato boreal da balança de libra. Essa estrela é uma anã branco-azulada de grande magnitude. Devido a certos fenômenos da estrela, como o fato dela desenvolver a fusão de hidrogênio a uma temperatura altíssima, ela apresenta uma ilusão.

A ilusão a tornou famosa, já que ela é conhecida como a estrela de tom mais esverdeado de todo o universo observável. Na verdade, não existem estrelas de coloração verde. Essa cor se forma por conta de uma ilusão de ótica. Para ver esse feito você precisa que o céu esteja extremamente escuro, sem nenhuma poluição luminosa.

A constelação ainda conta com outras estrelas, mas elas não têm tanta importância histórica assim. A Constelação de libra geralmente rege pessoas equilibradas (ou indecisas), e é uma das mais belas de se observar por conta de Kiffa Borealis.

Gostou? Então que tal nomear uma estrela para homenagear alguém de libra? Para fazer isso é bem fácil, é só clicar aqui embaixo:

Nomeie uma estrela!

Se você quer ler mais sobre as constelações, estrelas, e sobre o universo no geral, é só você acessar nosso blog:

Acompanhe o blog!