Telescópio Webb será lançado esse mês e vai revolucionar a astronomia

06 dez 2021 - Tags:, ,

telescópio Webb Pixabay

O projeto do telescópio Webb será o futuro da astronomia, em uma parceria de diversas agências espaciais.

A humanidade está a apenas alguns dias de dar um passo muito importante em direção ao futuro, principalmente em relação ao conhecimento que temos sobre o universo e seus fenômenos. Com previsão para ser lançado em 18 de dezembro, o telescópio Webb promete não apenas oferecer respostas, mas criar novas perguntas e desafios.

Apontado por muitos como o primeiro de uma nova geração, o telescópio Webb será o sucessor do famoso Hubble. Para que entre em operação, o telescópio ainda vai ter que passar por diversos procedimentos de alta complexidade, e vão ser necessários pelo menos seis meses de ajustes até que ele possa começar seu período de observação.

O telescópio Webb é um projeto feito através de uma parceria entre a NASA e a ESA. Ele tem como uma de suas principais caraterísticas a capacidade de captar radiação infravermelha. Se tudo ocorrer como planejado, o equipamento vai permitir que pesquisadores observem a formação de galáxias e estrelas.

telescópio Webb

Pixabay

Pixabay

Telescópio Webb: o próximo passo da exploração cósmica

Além de oferecer a oportunidade de estudar a evolução de uma galáxia, o telescópio Webb também vai permitir que pesquisadores possam observar estrelas e o processo de formação de diversos astros celestes.

Para evitar problemas, o processo envolvendo o telescópio Webb e sua instalação vai ser feito de forma cuidadosa, e com um grande planejamento. De acordo com a NASA, o telescópio vai levar cerca de três meses até atingir sua órbita final, que fica localizada um pouco além da lua.

A agência espacial explicou que, para os estudos pretendidos, o observatório deve sempre ser mantido frio, e livre de grandes interferências que são causadas por corpos celestes, como a Terra e a Lua. Para conseguir enxergar a grandes distâncias, o telescópio Webb vai ter, dentro de seus módulos, equipamentos que são sensíveis a radiação infravermelha.

Isso é necessário porque a luz que chega na terra dos confins do espaço acaba se esticando, e entrando dentro de um padrão avermelhado de radiação. Por causa disso, o telescópio foi feito para poder enxergar essa frequência luminosa com tranquilidade. Com certeza ele será uma excelente fonte de informações para a ciência moderna!

Gostou do artigo? Vai lá no nosso blog para ver mais matérias como essa!

Conheça nosso Blog!

Se você gosta de astronomia, temos uma opção de presente incrível para você. Dá só uma conferida!

Nomeie uma estrela!