Portal para as estrelas de um antigo rei indiano ainda se mantém ”de pé”

29 jul 2022 - Tags:, ,

Portal para as estrelas Pixabay

Conheça mais sobre o Jantar Mantar, um portal para as estrelas antigas, criado há mais de 300 anos, por um rei indiano.

À primeira vista, esse enorme complexo ao ar livre, que é repleto de estranhas paredes triangulares, e várias escadas que levam a lugar nenhum, pode parecer totalmente desconexo com a realidade. Para quem está acostumado com a arquitetura indiana, ele parece totalmente fora de estilo. Mas poucas pessoas sabem que o intuito desse portal para as estrelas é de trazer galáxias antigas o mais próximo possível de nossas vidas.

Esse monumento, que tem mais de 20 esculturas científicas, conhecidas como yantras, já tem mais de 300 anos de idade. Essas estruturas servem como uma forma de medir a posição das estrelas e planetas, ajudando a calcular com precisão variáveis diversas. Esse portal para as estrelas é, na verdade, um gigantesco apanhado de soluções arquitetônicas para compreender a matemática astronômica do universo.

A observação de galáxias antigas através do Jantar Mantar, o portal para as estrelas

Esse complexo foi criado em 1727, quando o rei indiano Sawai Jai Singh decidiu que a cidade de Jaipur seria sua capital, e também seria a primeira cidade planejada da Índia. O próprio rei projetou a cidade, de acordo com os princípios presentes no Vastu Shastra, que utiliza a natureza, a astronomia e a astrologia para projetar edifícios e criar uma arquitetura única.

Em sua sabedoria, o rei indiano percebeu que, para conseguir alinhar a cidade de Jaipur com as estrelas, e também para trazer mais facilidade para práticas astrológicas, e até mesmo para a produção agrícola, seria necessário fazer uso de instrumentos extremamente precisos e acessíveis.

Portal para as estrelas

Daniel VILLAFRUELA, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Pixabay

Ele até mesmo tentou utilizar as leituras feitas através dos instrumentos de latão para observação astrológica e astronômica que eram utilizados na época. Porém, ele percebeu que existia uma discrepância entre as leituras desses instrumentos, e acabou procurando por outra solução.

Para aumentar a precisão das leituras e a observação de galáxias antigas, ele resolveu simplesmente aumentar o tamanho de todos os instrumentos que usava, em grande escala. Com o uso de mármore e pedras locais, ele usou suas descobertas para construir um total de cinco observatórios ao ar livre, em cinco cidades indianas diferentes. Esses observatórios ficaram conhecidos como Jantar Mantar, o portal para as estrelas.

Atualmente, apenas quatro desses observatórios ainda estão ”de pé”, sendo que o maior deles é o de Jaipur. Nos dias de hoje, esses observatórios são patrimônios mundiais da Unesco, já que representam uma gigantesca inovação na arquitetura local.

Gostou do artigo? Então não deixe de conferir nosso blog para mais matérias como essa.

Conheça nosso Blog!

Em nossa plataforma temos uma opção de presente simplesmente inesquecível para quem você ama.

Nomeie uma estrela!